O Poder do Perdão – Deixe de Lado os Rancores e Amarguras

O Poder do Perdão – Deixe de Lado os Rancores e Amarguras

O Poder do Perdão – Deixe de Lado os Rancores e Amarguras

O poder do Perdão

Quando alguém te magoa, você tem duas opções, guardar sentimentos de raiva e querer se vingar ou perdoar e seguir em frente.

Quase todo mundo foi ou será ferido pelas ações ou palavras de outros. Talvez sua mãe criticou suas competências, seu colega sabotou um projeto ou foi traído(a) pelo parceiro. Essas feridas podem deixá-lo com sentimentos duradouros de raiva, amargura ou mesmo vingança.

Mas se não praticar o perdão, você pode ser o maior prejudicado pagando o maior preço. Ao decidir pelo perdão, pode alcançar a paz, esperança, gratidão e alegria. Considere como a falta do perdão pode deixá-lo para baixo afetando o bem-estar físico, mental, emocional e espiritual.

O que é o perdão?

O perdão é a decisão de abandonar ressentimentos e pensamentos de vingança. O ato que o ofendeu pode permanecer para sempre prejudicando parte da sua vida, mas o perdão pode diminuir o estrago e ajudá-lo a se concentrar em outras coisas mais positivas na vida. Perdão pode até mesmo levar a sentimentos de compreensão, empatia e compaixão por aquele que te machucou.

O perdão não significa que você anulou a responsabilidade da outra pessoa que te machucou, e não vai minimizar ou justificar o erro. Você pode perdoar a pessoa sem anular o ato. O perdão lhe trará paz e o ajudará a seguir sua vida.

Quais são os benefícios em perdoar alguém?

Deixando de lado rancores e amarguras, seus caminhos podem se abrir para a felicidade, saúde e paz. O perdão pode levá-lo a:

  • Relacionamentos mais saudáveis.
  • Maior bem-estar espiritual e psicológico.
  • Menos estresse, ansiedade e hostilidade.
  • Baixa pressão arterial.
  • Menos sintomas de depressão.
  • Sistema imunológico mais forte.
  • Melhorar a saúde do coração.
  • Maior auto-estima.

Por que é tão fácil guardar rancor?

Quando alguém que você ama e confia te magoa, vai sentir-se irritado, triste ou confuso. Se você insistir em situações dolorosas, guardar rancores e ressentimento, vingança e hostilidade podem criar raízes. Se você permitir, os sentimentos negativos dominarão os sentimentos positivos, podendo assim ser engolido por sua própria amargura ou sentimento de injustiça.

Quais são os efeitos por guardar rancor?

Se você é implacável, e negar o perdão, você pode:

  • Sentir raiva e amargura em cada relacionamento e novas experiências.
  • Cegar-se com o mal e não apreciar o presente.
  • Tornar-se deprimido ou ansioso.
  • Sentir que a vida ficou sem sentido ou propósito, ou que está em desacordo com suas crenças espirituais.
  • Perder conectividade valiosa e enriquecedora com outras pessoas.

Como faço para chegar a um estado de perdão?

O perdão é um compromisso, um processo de mudança. Para começar, você pode:

  • Considerar o valor do perdão e da sua importância na vida em um determinado momento.
  • Refletir sobre os fatos da situação, como você reagiu, e como esta combinação tem afetado seu bem-estar de vida e saúde.
  • Ativamente escolher perdoar a pessoa que o ofendeu, quando estiver pronto.
  • Não faça papel de vítima, não dê ao ofensor o poder de controlar sua vida.
  • Abandone seus rancores, o que define sua vida não é uma ofensa.
  • Encontre compaixão e compreensão.

O que acontece se eu não perdoar alguém?

O perdão pode ser um desafio, especialmente se a pessoa que te machucar não admitir que errou ou se você não falar de sua tristeza. Se você se encontra preso:

  • Considere a situação do ponto de vista da outra pessoa.
  • Pergunte-se por que ele ou ela iria se comportar de tal maneira. Talvez você reagisse da mesma forma se você enfrentasse a mesma situação.
  • Refletir sobre as vezes que você feriu os outros e sobre aqueles que te perdoou.
  • Escrever em um jornal, orar ou usar meditação guiada – ou falar com uma pessoa que confia e que seja sábio e compassivo, como um líder espiritual, um profissional de saúde mental ou um amigo imparcial.
  • Esteja ciente de que o perdão é um processo e até mesmo pequenas feridas podem precisar ser revista e perdoada uma vez ou outra.

Perdoar garante reconciliação?

Se o evento doloroso envolve alguém cujo relacionamento entre vocês haja grande forma de valor, o perdão pode levar à reconciliação sim. No entanto nem sempre acontece assim.

Reconciliação pode ser impossível se o infrator tenha morrido ou não está disposto a se comunicar com você. Em outros casos, a reconciliação pode não ser apropriada. Ainda assim, o perdão é possível – mesmo que a reconciliação não seja.

E se eu tiver de interagir com a pessoa que me machucou, mas não quiser?

Se você ainda não chegou a um estado de perdão, e ficar perto da pessoa que te machucou deixar-lhe tenso e estressado. Dicas para lidar com a situação:

  • Lembre-se que você pode optar por participar ou evitar funções e encontros específicos. Se você optar por participar, não ser surpreenda por se sentir constrangido e mais tenso.
  • Respeitar a si mesmo e fazer o que parecer melhor.
  • Faça o seu melhor para manter mente e coração aberto.
  • Você pode achar que a experiência o ajudará a seguir em frente com o processo do perdão.

E se eu perdoar e a pessoa não mudar?

Esperar que outra pessoa a mude suas ações, comportamento ou palavras não é o ponto para perdoar alguém. Pense como o perdão pode mudar a sua vida, trazendo-lhe paz, felicidade e cura emocional e espiritual. O perdão pode tirar o poder que a outra pessoa possa querer continuar exercendo em sua vida.

E se sou eu quem precisa de perdão?

O primeiro passo é avaliar de forma honesta e reconhecer os erros que cometeu e como esses erros têm afetado outra pessoa. Ao mesmo tempo, evite se julgar muito duramente. Você é humano e vai cometer erros.

Se você realmente está arrependido por algo que disse ou fez, considere admiti-lo e peça à pessoa prejudicada para te perdoar. Fale com sinceridade sobre sua tristeza ou pesar, e especificamente peça perdão ou desculpa.

Lembre-se, no entanto, você não pode forçar alguém a te perdoar. Todos precisam estar preparados para perdoar em seu devido tempo. Independentemente do resultado, comprometa-se a tratar os outros com compaixão, empatia e respeito.

Veja abaixo vídeos relacionados sobre o assunto:

O Poder do Perdão – Deixe de Lado os Rancores e Amarguras
5 (100%) 7 votos

1 Comment

  • Cedenir s rodrigues

    Reply Reply 10 de maio de 2016

    Sou muito triste quero é preciso de ajuda

Leave A Response

* Denotes Required Field